Apreenso Presidente GetulioUma operação conjunta do Ministério Público de Santa Catarina, Polícia Militar, Cidasc e Vigilância Sanitária Regional e municipal apreenderam produtos de origem animal irregulares em estabelecimentos do município de Presidente Getúlio. Os itens, em sua maioria carnes, apresentavam diversas irregularidades como embalagens violadas, armazenamento em temperatura inadequada e alguns estavam inclusive vencidos e sem rótulo.
A responsável pela Vigilância Sanitária da ADR de Ibirama, Rosdalva Iumara Schroder, explica que a fiscalização realizada nos dias 26 e 27 de setembro, fez parte do Programa do Ministério Público de SC de Proteção Jurídico-Sanitária dos Consumidores de Produtos de Origem Animal  (POA/MPSC). “Visitamos em Presidente Getúlio cinco supermercados, percebemos que em relação ao ano passado houve uma melhora significativa nos visitados, pois os estabelecimentos estão procurando se adequar à lei, mas ainda assim encontramos algumas irregularidades”, afirma Rosdalva.
Ela ressalta que além do recolhimento dos produtos impróprios para o consumo, que foram destinados a uma fábrica de ração em Timbó, os proprietários dos estabelecimentos foram autuados pela Vigilância Sanitária e responderão a um processo administrativo. “Essa é uma ação que pode acontecer a qualquer momento, até várias vezes por ano, e o maior objetivo é proteger a própria comunidade já que o consumo de produtos irregulares pode representar risco à saúde pública”, explica Rosdalva.
Além da Vigilância Sanitária da ADR de Ibirama, participaram ainda as Vigilâncias das Regionais de Taió, Ituporanga e Timbó que auxiliaram nos trabalhos.

Florianópolis, 04 de outubro de 2017

  • botton sgq
  • botton pactuacao2017
  • botton noticias
  • botton seguranca
  • botton agua
  • aedes aegypti
  • botton radicoes
  • botton pgrss
  • botton carta
  • botton talidomida
  • botton processoadm
  • botton ProcessoADMSanitario
  • botton fiscais2