enchentes 02As águas das enchentes são consideradas potencialmente poluídas por entrarem em contato direto com esgoto, lixo, produtos químicos e uma série de outras impurezas. Desta forma, após as enchentes é necessário tomar cuidados específicos para evitar contaminação e doenças graves como a Leptospirose, Hepatite A e E, Gastroenterites Agudas, Tétano Acidental, Febre Tifóide, entre outras doenças decorrentes das situações pós-enchentes.
A Diretoria de Vigilância Sanitária de SC orienta as pessoas atingidas pelas enchentes ou que entraram em contato de alguma forma à água contaminada para que tomem precauções específicas principalmente em relação à Água para Consumo Humano, Alimentos, Animais Peçonhentos, Animais Mortos, Medicamentos, Resíduos Sólidos, entre outros. É necessário também ter cuidados com os Abrigos e no retorno às Casas após o período de enchentes.

1 - Cuidados com a água para consumo humano

Não use, em hipótese alguma, água que tiver entrado em contato com águas de enchentes. Enquanto não for liberado o consumo da água da rede pública, beba somente água engarrafada ou que tenha passado por processo de desinfecção com Hipoclorito de Sódio 2,5%. Certifique-se de que a água engarrafada não tenha entrado em contato com águas das enchentes.

O Hipoclorito de Sódio 2,5% é distribuído exclusivamente pelo Ministério da Saúde e entregue aos postos de saúde de todos os municípios pelas Vigilâncias Sanitárias. A população pode dirigir-se aos Postos de Saúde para adquirir gratuitamente o Hipoclorito de Sódio 2,5%.

Para acessar tabela com dosagem correta por volume de água, desinfecção da água para consumo humano e instruções para limpeza e desinfecção de caixa d’água, clique aqui.

Alerta: Não faça a desinfecção da água para consumo humano com água sanitária, pois esse produto pode conter substâncias prejudiciais à saúde, além de não haver garantias sobre o real teor de cloro existente na solução.


2 – Cuidados com os Medicamentos

Os medicamentos que tenham entrado em contato com águas de enchentes não deverão ser consumidos / utilizados sob nenhuma circunstância.

Não jogue medicamentos no lixo. Procure entregá-los na Vigilância sanitária Municipal, para que esta promova o descarte adequado e controlado de acordo com as normas técnicas.

Procure um médico no Posto de Saúde mais próximo a você. Ele fará a reposição de suas receitas para aquisição de seus medicamentos com controle de qualidade.

3 – Cuidados com os Alimentos

Os alimentos que tenham entrado em contato com águas de enchentes não deverão ser consumidos e tão pouco comercializados.

Atenção: Caso você tenha conhecimento de comercialização de produtos que tenham entrado em contato com águas de enchente, denuncie à Vigilância Sanitária Municipal para que esta possa tomas as providências necessárias.

4 – Cuidados com as Doenças Transmissíveis

Nas ocasiões de ocorrência de enchentes e nos períodos pós-enchentes, é comum a ocorrência de doenças como a Leptospirose (transmitida pela urina dos ratos), as Hepatites do Tipo A (transmitidas pelas águas contaminadas com esgotos domésticos), o tétano acidental (contraído por ocasiões de cortes ou perfurações nos pés e mãos com latas e pregos enferrujados, principalmente), doenças diarréicas pela ingestão de alimentos e águas contaminadas, as doenças respiratórias devido à exposição das pessoas à umidade e baixas temperaturas.
Use botas e luvas quando trabalhar em áreas com água de enchente. Se isso não for possível, use sacos plásticos duplos amarrados nas mãos e nos pés.
Se você entrou em contato com as águas contaminadas, procure o Posto de Saúde mais próximo a você para receber as devidas orientações.

5 – Cuidados com animais peçonhentos

Em período de enchentes, é necessário que a população esteja atenta aos riscos de acidentes com animais peçonhentos, especialmente aranhas, cobras e escorpiões.
Se você sofrer, ou estiver próximo a alguém que sofreu algum acidente com animais peçonhentos ou com produtos químicos, busque auxílio junto ao CIATOX – Centro de Informação e Assistência Toxicológica de Santa Catarina para orientá-lo sobre o problema e indicar os centros de atendimento mais próximos a você. Você pode ligar nos Telefones: 0800 643 5252 ou (48) 99902 2683.
Para acessar folder sobre cuidados com Animais Peçonhentos, clique aqui.

6 – Cuidados com os Resíduos Sólidos

Não acumule resíduos sólidos (lixo) em casa por mais de 24 horas. Eles também são fontes de doenças e proliferação de vetores (moscas, ratos e baratas), que podem provocar doenças e agravos à sua saúde. Procure acondicioná-los em sacos plásticos adequados e colocá-los para coleta nos horários costumeiros oferecidos pelo serviço local. Procure informar-se no órgão competente de sua cidade para saber dos horários, que podem ter sido alterados devido aos problemas provocados pelas inundações.

7 – Cuidados com os Abrigos e a Volta às casas

Para acessar cartilha explicativa sobre Como Agir em Caso de Enchentes em Abrigos e Cuidados ao Voltar para Casa, clique aqui.



SERVIÇOS:

  • botton pactuacao2017
  • botton noticias
  • botton seguranca
  • botton radicoes
  • aedes aegypti
  • botton vigiagua
  • botton pgrss
  • botton carta
  • botton processoadm
  • botton talidomida
  • botton fiscais2
  • botton ProcessoADMSanitario
  • botton VIGIDESASTRES



 

SISTEMAS DE INFORMAÇÃO: