Foto da formatura

A Diretoria de Vigilância Sanitária (DIVS/SES/SC) dentro da sua responsabilidade de gestor do Sistema Estadual de Vigilância Sanitária têm empregado todos os esforços no sentido de qualificar os profissionais que atuam nesta área em todos os municípios do estado de Santa Catarina objetivando garantir a segurança sanitária da população catarinense. Com este intuito, passou a ser necessário a formação de novos agentes sanitários em todo o estado.
Para garantir esta operacionalização da formação de novos agentes abrangendo todos os municípios do estado, a DIVS/SC estabeleceu uma parceria com a Escola Técnica do SUS - ETSUS de Blumenau, objetivando implantar e oferecer de forma permanente o Curso de Aperfeiçoamento em Gestão das Ações Básicas em VISA (CGABVISA). O resultado dessa parceria obteve pleno êxito considerando a formação de 122 novos agentes de vigilância sanitária no ano de 2017 no estado de Santa Catarina.
Considerando que além da formação destes 122 novos agentes em 2017, em 2015 obtivemos a formação de 120 agentes de vigilância sanitária e em 2016 58 agentes. Desta forma, nos últimos três anos, pudemos contar com a força de trabalho de mais de 300 novos agentes de Vigilância Sanitária no estado de Santa Catarina. Sendo que isso representa 1/3 do total dos profissionais da área, atualmente composta por 870 agentes atuando em todo o Sistema Estadual de Vigilância Sanitária no estado.
A qualificação desses profissionais, através do Curso de Aperfeiçoamento em Gestão das Ações Básicas em VISA (CGABVISA), visa aperfeiçoar a condução do processo de aprendizagem, bem como incorporar uma estrutura física disponível e pedagógica de ensino compatível, para que conjuntamente tutores, mediadores e alunos se utilizem de novas estratégias de ensino-aprendizagem com o olhar da construção coletiva, participativa, investigativa e problematizadora, alinhada com a perspectiva de inserção, transformação e mudança da realidade, dirigida para o alcance da integralidade da promoção e da proteção da saúde.
Essa perspectiva para um novo enfoque do curso de formação só foi possível acontecer devido à concentração de esforços da gestão do SUS, sendo que a SES e o COSEMS/SC prontamente aprovaram as diretrizes e os aspectos necessários à mudança na formação dos agentes de Vigilância Sanitária.
Para tanto, os pressupostos abaixo foram adotados como eixos para essa readequação:
• Capacitação específica e de forma diferenciada para os Agentes de VISA dos municípios catarinenses;
• Superação da metodologia de aprendizado tradicional, utilizando metodologias ativas de ensino-aprendizagem;
• Levantamento e atualização das competências necessárias para o exercício da função de Agente de VISA em comum acordo com os conteúdos ministrados;
• Integração dos momentos de teoria com uma prática mais contextualizada à realidade dos alunos e de seu território;
• Busca contínua de estratégias pedagógicas que fortaleçam a observação, a crítica e a intervenção a partir da própria prática dos alunos estimulados a explorar, investigar e atuar sobre o próprio território geograficamente delimitado e em constante processo de transformação e mudança.

Dentro de sua programação o curso deve ocorrer em cada semestre do ano tendo como finalidade principal qualificar servidores públicos, lotados na área de vigilância sanitária, provenientes de todos os municípios do estado de Santa Catarina.


Florianópolis, 20 de dezembro de 2017.



SERVIÇOS:

  • botton pactuacao2017
  • botton noticias
  • botton seguranca
  • botton radicoes
  • aedes aegypti
  • botton vigiagua
  • botton pgrss
  • botton carta
  • botton talidomida
  • botton processoadm
  • botton ProcessoADMSanitario
  • botton fiscais2



 

SISTEMAS: