A vigilância da saúde de populações expostas a substâncias químicas trabalha com os riscos à saúde, agudos e crônicos, decorrentes da presença de substâncias químicas como agrotóxicos, produtos químicos, metais, solventes, etc. Seu objetivo central é a identificação, caracterização e monitoramento da saúde de populações expostas. Entre os grupos de risco destacam-se os trabalhadores e as comunidades que residem no entorno de áreas industriais e fortemente agrícolas. A forma de atuação da Vigilância em Saúde Ambiental relacionada às substâncias químicas está centrada em três eixos:

 

  • A vigilância do risco, com a caracterização das substâncias químicas e o monitoramento de sua presença nos diversos compartimentos ambientais.
  • A vigilância da população exposta, através dos indicadores epidemiológicos e da avaliação da intensidade e duração da exposição humana às substâncias químicas.
  • A vigilância dos efeitos, através da investigação da ocorrência de agravos sobre a saúde humana e do acompanhamento da população exposta a curto e a longo prazo.


MAIS INFORMAÇÕES:

PROGRAMA VIGIQUIM


CONTATO

Telefone: 48 3251-7886 Fax: (48) 3251-7885
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.